Marconi admite que não conseguirá concluir Case

marconiemrv

O governador Marconi Perillo admitiu em visita a Rio Verde na última terça (23) que não conseguirá concluir a construção de um centro de internação para menores infratores na cidade durante seu governo.

O Case (Centro de Atenção Socioeducativo) é prometido pelo tucano e seus aliados, eleição após eleição, há mais de uma década em Rio Verde.

Marconi disse à imprensa local que esta e outras obras inacabadas ficarão a cargo do vice José Eliton, que vai assumir o governo este ano para que ele seja candidato a deputado federal ou ao Senado.

Novela

A antiga unidade, que ficava no centro da cidade, foi interditada em 2009. Dois anos depois, o Juizado da Infância e Juventude condenou o governo estadual a construir um centro de internação para menores infratores em Rio Verde.

A construção de uma nova obra só começou em 2016 e segue a passos de tartaruga. No começo do ano passado, o deputado Lissauer Vieira chegou a gravar um vídeo anunciando que a obra seria entregue “em meados de 2017.” 

Em setembro de 2016, milhares de pessoas saíram às ruas em Rio Verde para protestar contra a falta de investimentos do governo de Goiás na segurança pública e cobrar de Marconi a conclusão do Case. 

De acordo com dados da Polícia Militar, mais de 70% dos furtos e roubos na cidade são praticados por adolescentes. Em 2016, dos 490 menores apreendidos pela PM, apenas oito não foram colocados em liberdade por falta de vagas de internação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.