Marconi volta a impor limites para exportação de soja e milho

soja

Medida surpreendeu produtores, que vinham dialogando com o governo a revogação do Decreto 8.548/16

O governador Marconi Perillo (PSDB) surpreendeu produtores rurais e entidades representativas do agronegócio ao publicar no Diário Oficial desta terça-feira (7) a Portaria 126/16, que voltou a estabelecer limites para a exportação de soja e milho em Goiás.

Em fevereiro, entidades como o Sindicato Rural de Rio Verde, chegaram a suspender reuniões extraordinárias para debater a tributação das duas culturas diante da perspectiva anunciada de revogação do Decreto 8548/16, que alterou as regras de apuração do ICMS desses grãos.

Hoje (8) as entidades representativas do setor produtivo rural, lideradas pela Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg), Associação dos Produtores de Soja e Milho de Goiás (Aprosoja) e os Sindicatos de Produtores Rurais manifestaram preocupação com o aumento das restrições à livre comercialização de grãos no Estado.

Restringir, então, a atuação de algumas empresas dentro do estado e o acesso ao mercado externo vai na contramão da atração de investimentos, crédito aos produtores e liquidez ao mercado, pilares para o crescimento da produção agrícola”, afirma a nota assinada pelas entidades representativas.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.