O POPULAR: 73% dos projetos de Lissauer são irrelevantes

Foto: Agência Assembleia de Notícias
Foto: Agência Assembleia de Notícias

 

Levantamento revela que três de cada quatro propostas do representante de Rio Verde na Assembleia em 2017 foram inúteis

 

Reportagem deste domingo (7) no jornal O Popular mostra que cerca de 30% dos projetos apresentados pelos deputados estaduais de Goiás em 2017 podem ser considerados de pouca ou nenhuma relevância para a população.

Representante de Rio Verde na Assembleia Legislativa, o deputado Lissauer Vieira (PSB) ficou acima da média dos colegas em quantidade de matérias inúteis: 73%. (Clique aqui para acessar a matéria de O Popular)

De acordo com o levantamento, com base em dados do Portal da Transparência, três em cada quatro projetos apresentados por ele em 2017 foram irrelevantes.

Em 2016, o parlamentar de Rio Verde havia se destacado em outra categoria indesejável: quantidade de faltas injustificadas. Chegou a faltar 7 de 12 sessões na Assembleia em um mês sem dar justificativa.

O rol de matérias sem importância inclui criação de datas comemorativas, concessão de títulos de cidadania e mudança de nome de obras.

Também eleito por Rio Verde, o deputado Karlos Cabral teve 21% das propostas em 2017 consideradas sem relevância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.