Sessão é adiada por falta de quórum e deputado posta foto na academia

deputadoinstagram

Pela segunda vez, a Câmara dos Deputados adiou nesta segunda-feira (25), a leitura da denúncia contra o presidente Michel Temer, apresentada pela Procuradoria Geral da República.

Mais uma vez, o motivo do adiamento foi o número insuficiente de deputados para a abertura da sessão no plenário.

O regimento interno exige o mínimo de 51 parlamentares na Casa para dar início a uma sessão plenária, mas apenas 23 marcaram presença.

Ao mesmo tempo em que a mídia exibia o plenário praticamente deserto, o deputado Heuler Cruvinel (PSD) postava foto nas redes sociais com seu personal trainner em uma academia.

Atualização (07/10/2017)

O deputado declarou que não é membro da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que analisa as denúncias contra o presidente da República na Câmara dos Deputados.

Portanto, justificou que não teria de estar presente na sessão, que foi realizada numa segunda-feira.

Os parlamentares do chamado ‘baixo clero’ só precisam comparecer às sessões ordinárias de terça à quinta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.