Vai dar para esperar?

Imóvel foi tombado como patrimônio histórico e cultural através de lei municipal em 1984.
Imóvel foi tombado como patrimônio histórico e cultural através de lei municipal em 1984.

Abandonado há mais de um ano pela Prefeitura, o Palácio da Intendência pode não chegar inteiro até o fim do governo Juraci Martins

Independentemente de quem seja o próximo prefeito e das propostas para a cultura, as pessoas e entidades ligadas à preservação do patrimônio histórico de Rio Verde já começam a se perguntar se a estrutura se manterá de pé até o final do ano.

Localizado na rua Senador Martins Borges, o prédio foi erguido no final do século 19 para servir como fórum, sede da Intendência e cadeia pública. Ele foi tombado como patrimônio histórico e cultural através de lei municipal em 1984.

O abandono deste tipo de bem é crime e pode acarretar a responsabilização penal do gestor público, principalmente quando o imóvel é tombado por lei.

É papel da Prefeitura preservar o patrimônio cultural contra a ação do tempo ou de terceiros, garantindo o acesso e o uso para as presentes e as futuras gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.