Flávia Cunha aceita convite de Caiado para disputar eleição

(Foto: Lucas Szpak)

Filha do líder classista e fundador da Comigo, o ex-prefeito Paulo Roberto Cunha, Flávia Cunha é a novidade para disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados este ano por Rio Verde. Formada em administração de empresas e agropecuarista, ela resolveu atender a um convite do senador Ronaldo Caiado e conta com o apoio do prefeito Paulo do Vale. Flávia, que fará dobradinha com o vice-prefeito Chico do KGL pelo DEM, teve sua pré-candidatura lançada no último dia 23.

Por que decidiu ser pré-candidata a deputada federal?

É um convite que nosso amigo Ronaldo Caiado vinha nos fazendo há pelo menos 7 anos e, desta vez, decidi aceitar. É um desafio muito grande, mas acredito que estou preparada e madura para enfrentar. Esta decisão é fruto de muita reflexão minha e da minha família. Rio Verde precisa oxigenar seu quadro político. O prefeito Paulo do Vale começou uma transformação em Rio Verde. Caiado vai fazer essa transformação em nível estadual. Então precisamos de deputados estaduais e federais alinhados a uma nova realidade política em Goiás.

Quais serão suas bandeiras como parlamentar?

Eu acredito que a reforma tributária é urgente para destravar a economia. Então essa é uma bandeira. O agronegócio é outra muito importante. Como deputado federal e como senador, Caiado deixa uma passagem histórica no Congresso Nacional a favor do agronegócio. Eu me sinto honrada por ter sido convidada por ele para continuar esta luta. Rio Verde hoje é a capital nacional do agronegócio. Agora, até pelo exemplo da minha mãe, quero fazer um trabalho sólido na Assistência Social e na Educação. Além de legislar, um deputado federal por Rio Verde precisa trazer recursos da União para todas essas áreas. Como mulher, quero colocar meu mandato a serviço da luta pelos direitos da mulher, que precisa ocupar mais espaços na vida pública.

Como vê o atual cenário político?

Os demais pré-candidatos ao governo estadual ainda não conseguiram viabilizar seus projetos. Caiado, por outro lado, tem uma liderança consolidada, com chances reais de ser eleito governador no primeiro turno. Faltam pouco mais de 3 meses para a eleição. Teremos uma campanha mais curta, apenas 45 dias. O goiano conhece Ronaldo Caiado, conhece a sua conduta e sabe que é um nome que poderia disputar até a presidência da República.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.