Encontrado o primeiro foco de ferrugem em Rio Verde

Laboratório de Fitopatologia do Sindicato Rural
Laboratório de Fitopatologia do Sindicato Rural

 

O primeiro caso de ferrugem asiática na soja em Rio Verde foi encontrado neste domingo, 28, por uma empresa particular da cidade que realiza pesquisa e proteção de plantas. A soja encontra-se no estágio fenológico R06, ou seja, vagens com granação de 100% e folhas verdes.

Este primeiro aparecimento aumenta ainda mais a preocupação do produtor rural, uma vez que agora fica confirmada a existência do fungo na região, podendo se espalhar rapidamente.

“As amostras que estamos recebendo no laboratório do Sindicato Rural são de produtores sérios e que são bem assistidos por técnicos, áreas bem manejadas, o que mais me preocupa são os casos onde não existe o monitoramento constante, essas áreas sim já podem estar infectadas”, explica o professor fitopatologista Hércules Campos.

O momento agora é de cautela, uma vez que ainda existe muita soja em fase de floração na região, devido ao atraso no plantio em virtude da estiagem.

O laboratório de Fitopatologia do Sindicato Rural está trabalhando diariamente e monitorando as folhas que chegam. “É importante continuar atento, mantendo vigilância constante e utilizando o laboratório, pois ele é uma grande ferramenta para auxiliar o produtor rural na prevenção da ferrugem asiática”. (Fonte: Sindicato Rural de Rio Verde)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.