Aeroporto de Rio Verde recebe sinal verde da Força Aérea

As vendas de passagens para os voos saindo do Aeroporto Municipal de Rio Verde entre os dias 3 e 14 de julho – que haviam sido suspensas devido exigência de adequações feita pela Força Aérea Brasileira – foram reativadas. A Azul Linhas Aéreas divulgou que os clientes serão mantidos em seus voos originais e as vendas dos voos posteriores a 15 de julho também foram liberadas.

A boa notícia foi anunciada pelo prefeito Paulo do Vale e pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Denimarcio Borges, após reunião e assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta nesta sexta-feira, 14, no Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), no Rio de Janeiro.

“A Prefeitura de Rio Verde manteve reuniões com representantes da empresa aérea em busca de soluções e tomou todas as providências para a remoção de obstáculos como árvores, torre de internet e outdoors em áreas externas ao aeroporto”, salientou Paulo do Vale.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Denimarcio Borges, diz que os principais fatores que contribuíram para a solução foi o empenho direto do prefeito e as providências da equipe da Prefeitura para remoção de obstáculos à navegação aérea apontados durante a elaboração do Plano Básico de Zona de Proteção de Aeródromo.

“Rio Verde é uma das cidades que mais crescem no Brasil e o aeroporto tem um papel fundamental na atração de investimentos e no desenvolvimento econômico.” O plano básico é um documento que tem por finalidade mapear e proteger a zona aeroportuária, proporcionando segurança à navegação aérea.

Paulo do Vale no Subdepartamento de Operações do DECEA: empenho direto do prefeito na solução do problema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.