Operação especial envolve 120 homens e 40 viaturas

(Foto: Lucas Szpak)

Com suporte financeiro da Prefeitura de Rio Verde, a Polícia Militar e a Polícia Civil realizaram nesta quinta (10) mais uma operação conjunta do ‘Rio Verde Mais Segura’.

A ação surpresa em bares e pontos estratégicos nas Zonas Quentes de Criminalidade contou com 120 homens e 40 viaturas. O efetivo empregado teve duas guarnições da Companhia de Policiamento Especializado.

A operação envolveu o 2o. Batalhão da Policia Militar, Policia Civil, Corpo de Bombeiro Militar, AMT, Departamento de Postura e Vigilância Sanitária, Conselho Tutelar e Gabinete de Gestão Integrada Municipal (G.G.I.M), presidida pelo prefeito Paulo do Vale.

Doze casas de exploração da prostituição foram lacradas e 15 pessoas foram detidas. A polícia apreendeu pílulas de ecstasy, crack e maconha e prendeu um motorista embriagado.

A operação especial também repreendeu a prática de atos obscenos nas avenidas Pauzanes e Brasília, uma reclamação frequente dos moradores.

Balanço

Os números da intervenção foram apresentados nesta sexta (11) pelas forças de segurança no gabinete do prefeito Paulo do Vale. Ele frisou que as ações do ‘Rio Verde Mais Segura’ são permanentes e que também acontecem na zona rural.

Paulo apontou que Guarda Armada Municipal estará nas ruas nos próximos 120 dias com um efetivo de 80 homens e mulheres, reforçando a segurança pública.

Desde 2017, a Prefeitura investe mais de R$ 3 milhões/ano na integração das forças de segurança pública e na realização de operações especiais.

rvmaisseguracoletiva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.