Pequenas empresas, grandes negócios

Fachada da empresa na rua Goiânia
Fachada da empresa na rua Goiânia

Quem passa na frente do modesto barracão nem sonha que aquele é o endereço de uma empresa que já faturou quase R$ 8 milhões em contratos com a Prefeitura

Quem passa na frente de um barracão de duas portas na rua Goiânia não imagina que aquele é o endereço de uma empresa que, somente na segunda metade da atual administração, já faturou quase R$ 8 milhões em contratos e aditivos com a Prefeitura de Rio Verde.

O imóvel foi alugado há cerca de 60 dias pela Prudência Vigilância e Segurança, mas até hoje não abriu as portas. “Pintaram, colocaram a plaquinha e tudo, mas nunca vi ninguém aí”, relata um vizinho.

A empresa tem sede em Senador Canedo e é responsável pela vigilância dos prédios públicos municipais desde 2014. Para 2016, o contrato é de R$ 3.295.795,44, dos quais R$ 2.197.196,96 já foram pagos pelo governo Juraci Martins.

Segundo a vereadora Lúcia Batista (PRP), que já denunciou a situação da empresa ao Ministério Público (MP-GO), o contrato da firma com a Prefeitura é “apenas para constar.”

De acordo com ela, o número de funcionários fornecidos para cuidar do patrimônio público é menor do que a quantidade estabelecida em contrato. “Ou seja, a Prefeitura paga por um serviço que não é feito. E paga caro.”

A parlamentar denuncia ainda que, apesar da pontualidade com que a Prefeitura faz os pagamentos milionários para a empresa, os funcionários estão com salários atrasados e não receberam as férias deste ano. “O FGTS também não vem sendo depositado.”

A reportagem não conseguiu entrar em contato com a empresa através dos telefones informados no site da Prefeitura de Rio Verde.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.