Coordenador de campanha de Heuler prevê derrota por 5 mil votos

Cabos eleitorais pedem autorização para “soltar os pitbulls” na reta final da eleição municipal (Ouça o áudio)

Uma sequência de áudios que circula amplamente no Whatsapp dá uma ideia de como deve ser a reta final da campanha eleitoral em Rio Verde.

Faltando apenas três dias para a eleição, cabos eleitorais e coordenadores de campanha do candidato Heuler Cruvinel (PSD) discutem atitudes desesperadas para conseguir votos nas vésperas do pleito.

“Se não tomar providência, vai tomar 5 mil votos no r…”, desabafa Alessandro Cabral, o ‘Caxotinho’, um dos principais coordenadores da campanha de Heuler e irmão do presidente da Câmara de Vereadores, Iran Cabral.

“Reúne o Heuler, o pai do Heuler, o irmão do Heuler, essa m… dessa coordenação que não sabe p… nenhuma de política e ‘solta a peia’ de quem sabe fazer política. Pelo amor de Deus”, implorou.

‘Pitbulls’

Os cabos eleitorais pedem para que ele seja autorizado a “soltar os pitbulls” nas ruas. Eles também dizem nas gravações que “o jeito de fazer política nunca mudou”.

“Libera o Caxote. Vamos descer a borracha, vamos pro pau”, implora um dos assessores.

Batendo a mão na mesa e em tom autoritário, Caxotinho ainda diz que seus métodos nunca falharam nos últimos 26 anos. “Eu chego pro prefeito e falo pra fazer assim, assim e assim. Faz e ganha.”

E finaliza: “Se não pegar de hoje pra frente ‘no doze’, acelerado e pôr pra arregaçar, bagaceira mesmo, não ganha eleição.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.