Goiás pode decretar situação de emergência

Cerca de 400 produtores da região participaram da reunião (Foto: Sindicato Rural de Rio Verde)

Decreto só se dá mediante catástrofes e a seca é um dos casos, diz Defesa Civil

O presidente da Faeg (Federação de Agricultura de Goiás), José Mário Schreiner, declarou nesta quinta (5) em Rio Verde que encaminhará um pedido de emergência estadual para o setor ao governador Marconi Perillo.

Cerca de 400 produtores rurais da região participaram da reunião extraordinária convocada pelo Sindicato Rural de Rio Verde para debater os prejuízos causados pela estiagem prolongada na segunda safra de milho.

Em Rio Verde, a seca fez a previsão da safrinha despencar de 25 milhões de sacas de milho para cerca de 14 milhões. Presente no evento, o chefe do Departamento de Minimização de Desastres da Defesa Civil, Pedro Carlos Borges de Lira, disse que “o decreto só se dá mediante catástrofes e a seca é um dos casos.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.