Prefeito de um lado, vice do outro

Entre tapas e beijos: divórcio após oito anos de relacionamento conturbado

Relação de Juraci Martins e Demilson Lima chega oficialmente ao fim depois de quase oito anos no poder

A substituição do vice-prefeito Demilson Lima na presidência do PPS  de Rio Verde pelo prefeito Juraci Martins no troca-troca partidário decretou oficialmente o divórcio político da dupla na reta final do segundo mandato.

Eles já não falavam a mesma língua desde o começo da atual gestão. E o vice – que ocupou secretarias de primeiro escalão e teve apoio da máquina nas eleições para deputado estadual em 2010 – hoje não tem sequer um gabinete na Prefeitura, apesar do salário de quase 20 mil reais.

Principal articulador político da administração, o vereador Elecir Casagrande declarou que, como Demilson não apóia a pré-candidatura do deputado estadual Lissauer Vieira à sucessão de Juraci, não resta outra alternativa ao vice que não seja procurar outro abrigo. “O prefeito assumiu o PPS com pulso de ferro”, disse.

O vice-prefeito deixa o PPS depois de quase uma década na direção da sigla tanto em nível municipal quanto estadual. A reportagem do Diário de Rio Verde não conseguiu entrar em contato com Demilson, mas apurou que o vice negocia seu passe com o PDT.

1 Comment

  • Mais um capítulo da belíssima saga do poder a qualquer custo. Agora invadem até casas de quem não serve mais cegamente ao rei. Podemos sonhar com a democracia e o respeito à independência por aqui?

    Ou a população se desperta e assume seu papel de patrão dos políticos que se julgam donos de tudo e de todos ou vai assistir a cada dia mais e mais abusos visando a continuidade do coronelismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.