Feriadão deixa pacientes sem postos de saúde

Posto de Saúde no Veneza: pacientes agendados para o dia 23 só serão atendidos no dia 30

Pacientes menos graves precisam esperar quase uma semana ou disputar atendimento com casos urgentes

Os pacientes que precisarem de atendimentos médicos que não sejam de urgência e emergência em Rio Verde terão de esperar quase uma semana pela reabertura dos postos de saúde na cidade.

O decreto nº 431/2016 do prefeito Juraci Martins suspendeu oficialmente todas as atividades do serviço público municipal nos dias 23 e 24, mas o feriado da Semana Santa foi emendado e os atendimentos só serão retomados na próxima segunda, 28.

Apesar do decreto excluir da lista os serviços considerados essenciais, os atendimentos nos postos de saúde foram encerrados no dia 22. Do lado de fora das unidades, cartazes da secretaria municipal de Saúde avisam simplesmente que os pacientes agendados para o dia 23 foram transferidos para o dia 30.

O hospital municipal, a UPA e a maternidade Augusta Bastos estão atendendo com plantonistas somente os casos de urgência e emergência. A falta de médicos e a demora no atendimento causaram revolta esta semana na UPA (veja o vídeo).

Em reportagem levada ao ar pela TV Anhanguera, o diretor da UPA atribuiu a culpa da demora à sobrecarga causada por pacientes menos graves que, ao invés de procurarem os postos de saúde, lotam a sala de espera da unidade de emergência. O secretário municipal de Saúde, Leonardo Tangerino, não foi encontrado para comentar o assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.