App identifica pré-candidatos alvos de processos de corrupção

Eliton e Daniel: acusações públicas de uso de aeronaves para fins pessoais e de propinas da Odebrecht

 

Entre os 3 principais nomes que disputam o governo de Goiás, apenas Ronaldo Caiado não aparece no “Detector de Corrupção”

Lançado no mês passado, um aplicativo chamado “Detector de Corrupção” promete ser uma ferramenta importante para o eleitor nas eleições deste ano no Brasil.

Apontando a câmera do celular para o rosto de um político, seja pessoalmente ou mesmo através de uma imagem na televisão, ele mostra as pendências dos candidatos na Justiça nos últimos 8 anos, incluindo todos os atuais pré-candidatos à Presidência e aos governos dos estados.

O app mostra que, entre os três principais nomes que devem disputar o governo de Goiás nas eleições deste ano, somente o senador Ronaldo Caiado (DEM) está livre de envolvimento em escândalos de corrupção.

WhatsApp Image 2018-06-10 at 21.13.59 (2)

 

 

 

 

 

 

 

 

José Eliton

O Detector de Corrupção revela ao eleitor que o atual governador, José Eliton (PSDB), que foi vice de Marconi Perillo nos últimos quase 8 anos, é investigado em pelo menos duas ações.

Ele é acusado pelo MP, quando era presidente da Celg, de utilizar transporte aéreo em caráter de emergência para viagens de interesse pessoal. 

WhatsApp Image 2018-06-10 at 21.13.59

Segundo o app, Eliton também responde por contratação de escritório de advocacia sem concurso público e prorrogações indevidas de contrato.

 

 

 

 

 

Daniel Vilela

Terceiro colocado nas pesquisas mais recentes, o pré-candidato do MDB, Daniel Vilela, é investigado por supostas doações via Caixa 2 para campanhas políticas da Odebrecht. 

WhatsApp Image 2018-06-10 at 21.13.59 (1)

 

 

 

 

 

 

 

 

O Aplicativo

O “Detector de Corrupção” é gratuito e apartidário. O reconhecimento facial funciona com diversas imagens: comerciais de TV, debates, santinhos, cartazes, imagens de jornal, vídeos da internet e muitos outros.

A tecnologia foi desenvolvida pela mesma equipe do site Reclame Aqui, que busca demonstrar o grau de confiabilidade das empresas com base nas reclamações dos consumidores e na solução dos problemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.