Às vésperas das eleições, Juraci faz ‘troca-troca’ de funcionários (atualizada)

Prefeito busca reduzir influência de Heuler na administração e abrigar apoiadores de Lissauer

Apesar de ruptura, Heuler ainda mantém cargos na administração

O prefeito Juraci Martins (PPS) tem promovido demissões e contratações em massa de cargos comissionados na Prefeitura de Rio Verde às vésperas das eleições municipais.

De agosto até hoje (23) foram 163 demissões e 169 admissões de servidores, a imensa maioria de cargos de indicação meramente política. De julho para cá foram 229 contratações e 289 demissões, conforme o Portal da Transparência.

As demissões de ocupantes de cargos comissionados têm o objetivo de, senão expurgar, pelo menos reduzir as indicações políticas de Heuler Cruvinel (PSD) remanescentes nas mais diversas secretarias e órgãos municipais.

O intuito é deixar apenas servidores fiéis à candidatura de Lissauer Vieira (PSB), apoiado pelo prefeito Juraci Martins.

Não é tarefa fácil. A Prefeitura tem hoje mais de 2.300 cargos preenchidos por indicação de políticos. Somente na secretaria de articulação política são quase 500, segundo o Ministério Público (MP-GO). Os salários são de até R$ 11 mil. Os números são altos até para os padrões da política brasileira e maiores do que de muitas capitais.

Sui generis

Na semana passada, o vereador Elecir Casagrande (SD) declarou no plenário da Câmara Municipal que o governador Marconi Perillo (PSDB) teria ‘mandado’ a Prefeitura de Rio Verde recontratar uma de suas filhas para um cargo na secretaria municipal da Fazenda.

Muita gente achou que era bravata ou que se tratava de uma brincadeira. Porém, na última quarta-feira (21), apenas oito dias depois da declaração do parlamentar, conforme o Portal da Transparência, a contratação foi efetivada.

 

Erramos: Diferentemente do que foi publicado, não há impedimento legal do gestor no sentido de efetuar demissões de servidores comissionados em período eleitoral. A contratação em massa, contudo, pode configurar uso da máquina pública em benefício de uma candidatura. (Atualizado às 14:24. 23/09/16)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.