Deputado muda de opinião sobre Odebrecht na TV

Ao contrário do que disse em debates e entrevistas recentes, o candidato do PSD, Heuler Cruvinel, garantiu ontem (29) no debate da TV Anhanguera, que vai “romper o contrato da Prefeitura de Rio Verde com a Odebrecht.”

Cinco dias antes, em um debate na Rádio Morada do Sol com os quatro candidatos a prefeito de Rio Verde, ele afirmou que iria “cobrar da empreiteira o cumprimento do contrato”, que previa a universalização do tratamento de esgoto no município.

Na ocasião ele foi o único dos quatro postulantes a defender a manutenção da subdelegação da exploração comercial da rede de esgoto no município, feito através do consórcio Centro-Oeste. O contrato foi assinado em 2013.

O consórcio é formado por empresas do Grupo Odebrecht e pela Construtora Central do Brasil (CCB), que doou R$ 250 mil para a campanha de Heuler para deputado federal no ano seguinte. Os dados são da prestação de contas oficial do candidato.

Em maio, quando foi questionado sobre o tema,  Heuler justificou que as doações financeiras para a sua campanha à reeleição foram indiretas, ou seja, feitas para o seu partido e repassadas ao seu comitê. Afirmou também que sequer conhece os proprietários da empresa responsável pela doação do dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.