Heuler quer manter contrato com a Odebrecht

(Foto: Divulgação/psdcamara.org)

Candidato recebeu R$ 250 mil de empresa que faz parte do consórcio de exploração comercial da rede de esgoto em Rio Verde

O deputado federal Heuler Cruvinel (PSD) surpreendeu os ouvintes da Rádio Morada do Sol no debate realizado com os candidatos a prefeito de Rio Verde no último sábado (24).

Ele foi o único dos quatro candidatos a defender a manutenção do contrato de subdelegação dos serviços de ampliação e exploração comercial da rede de esgoto com a Odebrecht no município, através do consórcio Centro-Oeste.

“Nossa intenção é fazer cumprir o contrato”, pregou. Os demais postulantes prometem romper imediatamente o acordo com a empreiteira caso vençam as eleições. A Câmara Municipal de Rio Verde aprovou este mês autorização para a quebra do contrato.

O consórcio é formado por empresas do Grupo Odebrecht e pela Construtora Central do Brasil (CCB), que doou R$ 250 mil para a campanha de Heuler para deputado federal em 2014.

Reportagem do jornal O Globo mostrou que, segundo o Cartório de Registro de Imóveis de Pirenópolis, a CCB é sócia do governador Marconi Perillo (PSDB) e de sua esposa, Valéria Perillo.

A construtora, que é uma fiel doadora de campanha de Marconi, já recebeu mais de R$ 200 milhões em contratos com o governo de Goiás desde 2006 até hoje.

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu denúncia contra a CCB na Operação Decantação este ano, que investiga o desvio de dinheiro da Saneago para o pagamento de propinas e dívidas de campanhas eleitorais.

Em maio, Heuler justificou ao Diário de Rio Verde que as doações para a sua campanha à reeleição em 2014 foram indiretas, ou seja, feitas para o partido e repassadas ao seu comitê e que “não conhece os proprietários da empresa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.