Lissauer afrouxa lei que dificultava vida de fantasmas

(Foto: Sérgio Rocha/Alego)

Com histórico de funcionários fantasmas e recorde de cargos políticos, nova mesa diretora permite que 2.363 servidores deixem de registrar o ponto

Eleito com o compromisso de ampliar cargos para os deputados, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira (PSB), aumentou o número de comissionados dispensados de bater ponto e ainda flexibilizou a jornada de trabalho desses funcionários.

O ato da nova mesa diretora é a manchete do jornal O Popular desta quinta-feira (7). A iniciativa, do próprio Lissauer, permite que mais 354 servidores tenham frequência atestadas pelos próprios parlamentares.

Segundo o jornal, ao todo, são 2.363 comissionados dispensados de registrar o ponto.

A Alego tem atualmente mais de 3.177 funcionários a serviço de 41 deputados e a maior proporção de cargos de indicação política entre as 10 maiores Assembleias do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.