Novo hospital deve desafogar UPA e Municipal

(Foto: Washington Oliveira)

Parceria entre a Prefeitura e o Hospital do Câncer resulta em 55 novos leitos de clínica médica pelo SUS

Fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Rio Verde e a Fundação Cristã Angélica, foi inaugurado hoje (27) um hospital geral com 55 leitos de clínica médica pelo SUS no Hospital do Câncer de Rio Verde.

O prefeito Paulo do Vale classificou a data como histórica. Ele assinou um convênio com a entidade que vai permitir o funcionamento do hospital a partir do dia 1° de março, com um repasse anual do município de mais de R$ 4,3 milhões.

“É uma estrutura que não perde em nada para nenhum hospital particular do País”, destacou o gestor. Ao todo, a Prefeitura de Rio Verde repassa aproximadamente R$ 6 milhões por ano para a instituição.

Apesar do aporte significativo de verbas públicas – assim como acontece com outras instituições semelhantes – a contribuição da sociedade civil por meio de doações é imprescindível para manter o atendimento aos pacientes. “Este é um grande salto para que posteriormente possamos consolidar um hospital oncológico especializado com 10 leitos. A comunidade tem que participar”, convocou o prefeito.

A presidente do Hospital do Câncer, Giseli Borges Carrer, agradeceu a união de toda a sociedade para que a obra se tornasse uma realidade. “Temos muita gratidão a parceiros como a Prefeitura, o Ministério Público, a Universidade de Rio Verde e todas as pessoas e empresas que fizeram suas doações e deram uma grande contribuição.”

Presente ao evento, o secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, afirmou que a nova estrutura contribui para um atendimento público de alta qualidade. “Além disso, demonstra alinhamento com o projeto de regionalização da saúde pública no Estado.”

O secretário municipal de Saúde, Eduardo Ribeiro, também destacou a importância regional do hospital. Segundo ele, a unidade vai atender os 28 municípios da macro região Sudoeste e até a região Oeste, somando 40 cidades, e uma população flutuante de cerca de 1 milhão de pessoas.

Para o deputado estadual Chico KGL, os novos leitos significam mais dignidade para os pacientes. “Com isso, menos pessoas vão precisar ser transportadas de ambulância e poderão receber atendimento aqui mesmo. E também evita que as pessoas fiquem nos corredores.”

Estrutura

O novo hospital geral conta com recepção de 9 consultórios, recepção de internação, 04 boxes para receber medicação sem internação, cafeteria e loja de artesanato, 04 salas de centro cirúrgico, 5 leitos de RPA (Recuperação Pós-Anestésica), 03 salas de CME (Central de Material e esterilização) 02 leitos de SE (Sala de Estabilização), SND (Setor de Nutrição e Dietética) e Farmácia Hospitalar.

Tags from the story
,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.