Rio Verde é o 140° em transparência em Goiás

Rebaixado em 2016 do Mapa do Turismo de Goiás, Rio Verde volta a pertencer ao quadro das 10 regiões turísticas do Estado este ano. (Foto: Prefeitura de Rio Verde)

Município fica com nota baixa e integra lista de cidades cujos gestores serão acionados por dificultarem acesso a dados públicos

O Ministério Público Federal (MPF) anunciou ontem (8) que vai acionar judicialmente 2.109 gestores públicos, entre prefeitos e governadores, por não cumprirem o que determinam as leis de transparência no país.

Numa escala de 0 a 10, Rio Verde ficou com nota 5,40 e faz parte da lista de administrações reprovadas na avaliação, que mede os índices de transparência dos dados públicos, considerada um instrumento fundamental no combate à corrupção.

Na avaliação anterior, realizada em dezembro de 2015, o município tinha obtido a nota 5,6. No resultado divulgado ontem, Rio Verde ficou na 140ª posição entre os 246 municípios do Estado. No ranking nacional, entre os 5.567 municípios brasileiros, a cidade ocupa a posição de número 2.827.

Os 10 melhores em Goiás

Município / Nota

1º) Anápolis – 10

2º) Santa Helena de Goiás – 10

3º) Carmo do Rio Verde – 9,80

4º) Estado de Goiás 9,80

5º) Quirinópolis – 9,60

6º) Padre Bernardo – 9,50

7º) Caiapônia – 9,30

8º) Nova Crixás – 9,30

9º) Nova Glória – 9,20

10º) Santa Isabel – 9,10

140º) Rio Verde – 5,40

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.