Rio Verde registra 40% dos óbitos por H1N1 em Goiás

vacina

Sétima vítima fatal, homem de 41 anos não fazia parte de nenhum grupo de risco

Depois de Goiânia, Rio Verde é a cidade que mais registrou casos de H1N1 e de óbitos em decorrência da doença em todo o Estado. Das 18 mortes até agora em Goiás, sete foram na Capital e sete em Rio Verde.

Um homem de 41 anos, que ficou internado 11 dias na UTI do Hospital Municipal, e outro de 40, que não tinha nenhum problema crônico de saúde, faleceram este mês em Rio Verde. Nenhum dos dois fazia parte dos grupos de risco com direito à vacina na rede pública.

Até o dia 13, data do último boletim divulgado pela Prefeitura de Rio Verde, 54 casos haviam sido notificados na cidade, sendo 20 confirmados e outros dois aguardando resultados de exames. Além da H1N1, o município também já anotou o primeiro caso de Influenza B.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.