Maurício de Sousa inaugura Fazendinha do Chico Bento

Em meio à natureza e animais, o espaço educativo e recreativo do Chico Bento promove a imersão no universo do personagem mais caipira de Maurício de Sousa

O caipira mais amado das histórias em quadrinhos está com endereço novo: o Silvestre Park. Desde sua inauguração em 19 agosto, os visitantes do complexo de lazer localizado em Rio Verde, podem visitar a Fazendinha do Chico Bento, um espaço educativo e recreativo desenvolvido para proporcionar interação entre as famílias e os animais em meio à natureza.

O projeto, desenvolvido pela Mauricio de Sousa AO VIVO, empresa do Grupo Mauricio de Sousa Produções, em parceria com o Silvestre Park, representa a pureza, a simplicidade e a simpatia que caracterizam Chico Bento.

O personagem, criado por Mauricio de Sousa, é o típico caipira que anda com os pés no chão, usa chapéu de palha e toca moda de viola. Francisco Antônio Bento, o Chico Bento, é o personagem principal da Turma do Chico Bento criado em 1961, inspirado em um tio-avô de Mauricio de Sousa morador de Santa Branca no Vale do Paraíba, em São Paulo.

Por dentro da Fazendinha

Conceitos de estímulo pedagógico, inclusão e integração social, acessibilidade física e responsabilidade ecológica. Estes foram os principais tópicos considerados durante a elaboração e construção desse divertido espaço temático em ambiente rural todo ilustrado com Chico Bento e sua Turma.

Nos caminhos que conduzem as pessoas por essa aventura, estão áreas interativas, com atividades de convívio com a fauna e a flora típicas do cerrado brasileiro, onde as espécies catalogadas estão identificadas e expostas de forma didática e objetiva. Palmeiras enfileiradas conduzem à porteira – construída com madeira de reflorestamento, assim como as demais estruturas da Fazendinha – onde estão ilustrados Chico Bento, Rosinha e vários animaizinhos, dando boas-vindas a todos os convidados.

A Praça da Paineira é o ponto de encontro na hora da chegada e da partida, onde todos podem se acomodar e tomar uma água fresquinha, enquanto observam a encantadora árvore nativa do cerrado, que dá nome ao local. A vivência na fazenda começa pela Vila dos Animais, que apresenta as características dos animaizinhos de maneira lúdica e ilustrada. Em suas casinhas estão personagens como a Vaca Mimosa e a Galinha Giselda. Alguns animais emitem sons, outros são balanços de molas para ser montados e embalados. A área também prepara o convidado para as próximas etapas da visitação, onde acontece a interação com animais reais.

O Viveiro dos Coelhinhos da Rosinha primeiros é o primeiro local de contato com animais verdadeiros. Por serem animais domésticos, a familiaridade é imediata, positiva e cativante, principalmente para as crianças. A beleza natural do Jardim dos Sentidos da Dona Cotinha convida para uma imersão num ambiente colorido, cheio de sons, texturas, aromas e sabores. A vegetação apresenta a riqueza da flora de Goiás. A proposta é futuramente pertencer ao projeto pedagógico em desenvolvimento para excursões escolares, onde os alunos e professores poderão percorrer o Jardim do Tato de olhos vendados e sentir as diferentes texturas das plantas. O Jardim da Audição apresentará sons diversos de forma sequencial: movimento das folhas, vento, pássaros e outros animais.

Já o Jardim da Visão será composto por diferentes e coloridas espécies. Plantas aromáticas farão a composição do Jardim do Olfato, o ambiente mais perfumado da Fazendinha. Já no Jardim do Paladar, árvores frutíferas farão sombra para uma breve degustação de frutas, legumes ou sucos, para que todos possam saborear algumas das delícias que a natureza nos oferece. Seguindo em frente no caminho, o Pomar do Nhô Lau está repleto de mudinhas de árvores frutíferas, o que só aumenta a vontade do Zé Lelé de comer umas goiabas fresquinhas.

O Viveiro dos Pássaros do Hiro é um ambiente todo telado, onde acontece uma imersão de convivência cuidadosa e responsável, pois as espécies circulam soltas e voam felizes. Por isso é importante ficar bem atento para não levar um cocozinho despretensioso na cabeça. No Curral do Nhô Bento, os convidados podem tocar cuidadosamente e alimentar os animais que estão em suas baias, com a orientação de monitores e alimentação permita para cada espécie, dependendo do horário da visitação.

A Lagoa do Chico Bento está repleta de peixes e nosso rei das histórias de pescador não poderia faltar: uma escultura tridimensional do personagem, em seu barco, pescando um peixão, está locada bem no meio da lagoa. Dependendo do horário da visitação, os peixinhos também podem ser alimentados sob a orientação de monitores capacitados. Enquanto isso, contemplando a natureza ao redor, a meiga Rosinha, também em escultura tridimensional, brinca com uma ave nas mãos, numa pose convidativa para uma selfie. Momento mais que oportuno de dizer: olha o passarinhooo!

Serviço: Silvestre Park Endereço: Avenida Thermas Park, Nº 600 Setor Pauzanes, Rio Verde/GO Telefone: (64)3621-0015 Site: www.silvestrepark.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.