Paulo do Vale é absolvido por unanimidade

Justiça entendeu que o ex-secretário adotou todas as providências necessárias para a implantação de uma clínica para tratamento de obesidade

Tribunal de Justiça reformou na íntegra sentença que condenava ex-secretário de Saúde a perda dos direitos políticos por cinco anos

O Tribunal de Justiça (TJ-GO) reformou integralmente a sentença do juiz de Rio Verde Márcio Morrone Xavier que condenava por improbidade administrativa o ex-secretário municipal de Saúde Paulo do Vale à suspensão dos direitos políticos por cinco anos, proibição de contratar com poder público e ressarcimento de R$ 32 mil ao erário.

Candidato a prefeito pelo PMDB, Paulo do Vale foi absolvido por unanimidade pelos desembargadores do Tribunal de Justiça. Eles entenderam que o ex-secretário adotou todas as providências necessárias para a implantação de uma clínica para tratamento de obesidade no município, que só não foi efetivada devido a cortes de despesas determinados pelo prefeito Juraci Martins quando a estrutura para iniciar o programa já estava pronta.

Paulo do Vale ainda será ressarcido dos R$ 32 mil depositados por ele em juízo. O valor é referente aos gastos que a Prefeitura teve com o aluguel do imóvel por oito meses em 2010.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.