Exames confirmam 13 casos de H1N1. Três deles fatais

Patrice: "Estamos trabalhando para dar assistência aos doentes e evitar novos casos" Foto: Washington Oliveira

Vacinas na rede particular que chegaram hoje acabaram em poucos minutos

A secretaria municipal de Saúde e o núcleo de Vigilância Epidemiológica informaram hoje, 28, que os exames laboratoriais confirmaram até agora 13 casos de Influenza A em pacientes de Rio Verde, Acreúna, Quirinópolis e Cachoeira Alta.

As três vítimas fatais registradas foram uma adolescente de 17 anos, uma técnica de enfermagem que teve contato com pacientes contaminados e o funcionário de uma granja de suínos.
Representantes das secretarias municipal e estadual de Saúde, do Ministério da Saúde e da Agrodefesa participaram de uma reunião no sábado, 27, quando foi divulgada a possibilidade de chegada de 25 mil doses da vacina.

Hoje as autoridades informaram que aguardam mais 10 mil doses para esta terça-feira, 29. “Elas sessão distribuídas nos Postos de Saúde e CAIS para os grupos prioritários”, avisou a coordenadora do núcleo de Vigilância Epidemiológica, Patrice Guimarães. A vacinação na rede pública começou a ser feita hoje em profissionais da saúde e grupos prioritários. A orientação para os pacientes que apresentarem os sintomas é procurar o posto de saúde mais próximo.

De acordo com o protocolo de atendimento recomendado pelo Ministério da Saúde, após avaliarem os casos, os médicos podem prescrever de imediato o antiviral Tamiflu.

Na rede privada, a procura foi intensa pela vacina contra a H1N1 nas duas clínicas credenciadas no município desde as 8h. Em uma delas, as doses que chegaram na parte da tarde duraram poucos minutos. O preço varia de 100 a 120 reais e centenas de clientes deixaram seus nomes na lista de espera.

“Desde que recebemos o alerta, estamos trabalhando para dar assistência aos doentes e evitar novos casos. É importante lembrar a população que existem medidas para evitar a transmissão”, enfatizou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica. As principais são a higienização frequente das mãos, principalmente antes de consumir alimentos, cobrir nariz e boca ao tossir e manter os ambientes ventilados, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.