“Não haverá demissões”, garante BRF

Peruzzo: "Parada é apenas técnica. Não haverá demissões nem impacto negativo"

Diretor da unidade em Rio Verde enfatizou que férias coletivas são apenas para conclusão de obra no setor de abate de aves

O diretor da BRF em Rio Verde, Ivan Antonio Peruzzo, reuniu a imprensa local ontem,31, para esclarecer rumores de que a unidade, que emprega mais de 7 mil funcionários, poderia realizar demissão em massa no município. Ele enfatizou que o único motivo das férias coletivas para 2.900 funcionários este mês é a conclusão de uma obra no setor de descarga de aves que aumentará a capacidade de abate em 30 mil aves por dia.

Ele lembrou que o mesmo procedimento foi realizado com sucesso em outras unidades da BRF no País e que a empresa não planeja promover cortes de pessoal. Peruzzo ressaltou que a suspensão temporária não causará impacto financeiro negativo para os produtores integrados e funcionários, que continuam sendo remunerados. “Paramos no dia 15 de abril e retornamos no dia 16 de maio com uma capacidade de produção maior e automatizada. Então, se existe algum impacto, ele é positivo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.