Pet shop condenado a indenizar cliente

Empresa de Rio Verde que destratou cliente e deixou cãozinho de 4 meses cego de um olho terá de pagar quase R$ 7 mil por danos morais e materiais

 

A juíza Lília Maria de Souza, da Comarca de Rio Verde, condenou o Pet Shop Late e Cia a pagar R$ 941,43 por danos materiais e R$ 6 mil por danos morais a Dimaima de Moura Lima.

Além de ter sido destratada pelos funcionários, a cliente – que levou um shih tzu de 4 meses para banho e tosa – descobriu que o cãozinho teve o olho direito perfurado e ficou cego.

Para surpresa da vítima, ao compartilhar o que estava passando no Facebook, encontrou várias pessoas afirmando que seus animais também tinham passado por situação parecida no mesmo estabelecimento.

A perícia constatou que o cãozinho sofreu lesão por objeto cortante, que pode ser corrigida por cirurgia para colocação de lente oftalmológica.

A indenização de quase R$ 7 mil, segundo a magistrada, tem o objetivo de reparar a dor e o transtorno causados pela empresa.

Clique aqui para ler a sentença da juíza Lília Maria de Souza na íntegra.

Clique aqui para ler a notícia publicada no site do Tribunal de Justiça de Goiás.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aviso legal: Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo apresentado neste site é protegido pelas leis de proteção aos direitos autorais e outros.